Gestão de Farmácia Hospitalar


Instituição

Hospital Beatriz Ângelo

Autores:

P. SANTOS, H. MELO, C. CAÇOTE, A. LOBA, M. CAPOULAS, C. SANTOS

O que foi feito ?:

O nosso hospital serve uma população de 278 mil habitantes, residentes nos concelhos de Loures, Mafra, Odivelas e Sobral Monte Agraço. A dispensa de medicamentos a doentes em ambulatório é um dos contatos diretos entre o farmacêutico e a população, havendo cerca de 1500 atendimentos mensais. Desde 2015 que implentámos a Consulta Farmacêutica (CF), iniciámos com os doentes de hepatite C e hoje em dia abrangemos várias especialidades, com consultas de HIV, Oncologia, Neurologia, Nefrologia, Pneumologia, e Medicamentos Biológicos. Muitas das Intervenções Farmacêuticas (IF) são realizadas no acto da dispensa de ambulatório hospitalar, no entanto a implementação das Consultas Farmacêuticas veio desempenhar um importante papel.

Porque foi feito ?:

Com o intuito de caracterizar as IF realizadas nas várias especialidades em regime de Ambulatório

Como foi feito?:

Recolha e análise retrospectiva de dados das IF no âmbito da dispensa em ambulatório, desde Janeiro de 2017 a Agosto de 2020.

O que se concluiu?:

O farmacêutico de ambulatório é responsável por, analisar o perfil analítico do doente, a posologia dos fármacos prescritos, as possíveis interações do medicamento com outros fármacos/produtos naturais e alimentos, confirmar a indicação da terapêutica, a validade da prescrição e alertar para possíveis efeitos adversos. Todo este processo de análise pode dar origem a uma ou mais IF. Como se verificou, o número de IF foi sempre aumentando ao longo do tempo, o que é justificável com a implementação das várias CF. Com estas consultas e as IF, concluímos que é possível melhorar a adesão à terapêutica e qualidade de vida do doente, visto que 96% foram Aceites, salientando assim, a importância e relevância do farmacêutico nas equipas multidisciplinares.

O que fazer no futuro?:

Pode permitir a contribuição na redução da hospitalização, previne a readmissão dos doentes em serviços de urgência e/ou especialidades e eventuais efeitos adversos aumentando assim a Compliance à terapêutica e Outcomes.

Palavras chave :

Intervenções Farmacêuticas
consulta farmacêutica
 
ORDEM DOS FARMACÊUTICOS
Rua da Sociedade Farmacêutica 18,
1169-075 Lisboa

TELEF: 213 191 382 - Fax. 213 191 399
Email: colegios.especialidade©ordemfarmaceuticos.pt

© ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - COLÉGIOS DE ESPECIALIDADE